Coluna da Pri: Dicas para Amigo Secreto

por Priscille Gomes

Resolveu participar de um amigo secreto e agora está arrependido? Relaxa, você não é o único (imagina quem tirou você). É, eu sei que tudo começou com o ato pretensamente inocente de escrever os nomes dos amigos/conhecidos/colegas/familiares e afins em papeizinhos miudinhos.

Mas depois que é feito o sorteio, não dá mais para voltar atrás (independente de quem você tirou). Então, se concentre para não piorar ainda mais sua situação. Afinal de contas, parte da sua reputação para o próximo ano depende muito do seu desempenho neste rito tribal da modernidade. Então, preste atenção nestas dicas valiosas:

A escolha do presente é essencial. Pesquise discretamente os gostos e, principalmente, quais os desgostos da pessoa. Se puder, contrate o Sherlock Holmes ou a Carmen Sandiego para descobrir. Porque pior do que não comprar um item que ela vai adorar é escolher algo que a pessoa detesta com todas as forças.

Não compre um presente abaixo da cota estabelecida. NUNCA! Além de ser algo desonesto, se as pessoas perceberem que você economizou, elas NÃO vão economizar nos seus apelidos (mão-de-vaca, muquirana, sovina, miserável, avarento ou pão-duro são alguns dos mais bonitinhos).

Não faça descrições constrangedoras para a turma adivinhar quem é seu amigo. Termos como gordinha simpática, tampinha, “malacabado” e similares estão terminantemente proibidos. Também não fale sobre relações amorosas (ninguém precisa saber quem tá ficando com quem). Lembre-se que a pessoa que você tirou tem que ficar feliz por ter sido tirada por você, não envergonhada. É assim que a gente ganha pontos na gincana do networking.QUAL É O LINK - Coluna da Pri - 17 de Dezembro - IMAGEM 01

Tem que tirar foto e divulgar na internet. Instangram, Facebook, Blog, Tumblr e até no falecido Orkut tá valendo. O negócio é compartilhar. Se der para você levar a câmera, melhor ainda para sua popularidade. Fotos na piscina costumam fazer sucesso. Então, se não tiver piscina, improvisa!QUAL É O LINK - Coluna da Pri - 17 de Dezembro - IMAGEM 02

Mas tem um caso clássico de saia justa onde se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Se você tirou o seu chefe ou sua sogra, prepare-se! Se o presente for bom demais, seu amigo secreto vai te achar maravilhoso e outros vão te chamar de baba ovo. Se comprar um presente simples, vai parecer desleixado, descomprometido e uma lista pejorativamente interminável. Agora, se você descobrir o que fazer numa situação como essa, por obséquio/misericórdia/gentileza, fala comigo. To “precisada” desse conselho.

Coluna da Pri: Adeus cardápio velho, feliz dieta nova!

Segunda-feira é o dia mundial para começar dieta e em dezembro, o número de adesões é ainda maior. Isso acontece porque a mulherada precisa desesperadamente entrar no vestido do réveillon ou se aventurar em um biquíni na viagem de férias. (E se você não mora dentro do photoshop ou em um quadro barroco, já fique avisada: nenhuma gordurinha será perdoada.)

O problema é que fim de ano tem um milhão de confraternizações para ir. Quase todo dia vai aparecer algo ou alguém para boicotar sua dieta (um rodízio com amigos, comida de vó, amigo secreto do trabalho, jantar na casa do namorado) e ai de você se fizer a desfeita de não degustar todos os quitutes. Sim, porque se você estiver gorda vai ouvir reclamações e se estiver fazendo dieta vai ouvir ainda mais. Relaxa, sempre tem alguém em situação pior.imagem 01

Cá entre nós, todo mundo sabe que a receita para emagrecer é simples. Basta somar dinheiro, um bom cirurgião plástico (que possa tirar algumas de suas costelas) e pronto. Rapidinho você vai virar a Barbie humana. Mas, atenção! Lembre-se de queimar/deletar/dar fim a todas as suas fotos antigas ou você poderá ser desmascarada como nossa querida amiga ucraniana Valeria Lukyanova que dizia ser “totalmente natural”.imagem 02

Se você não tem coragem ou dinheiro para entrar na faca, pode começar com um novo cardápio. É simples: beba muita água e coma quase nada 5 ou 6 vezes ao dia. Dê preferência aqueles itens clássicos de qualquer dieta indicada nas revistas femininas (que eu, sinceramente, não sei de onde eles tiram) e que são quase impossíveis de achar em restaurantes mais baratinhos: arroz integral com farinha de linhaça, ricota light ou legumes cozidos com vapor francês. Porque como diz minha nutricionista: você NÃO tem que comer, tem que se alimentar!

E, independente do cardápio, você vai ter que fazer exercícios regularmente. Anime-se! Se você andar na esteira durante uma hora (igual aos ratinhos de laboratório) irá gastar umas 300 calorias e já poderá comer 3 barrinhas de cereal sem culpa.

Agora, se depois de tudo isso, você realmente perceber que nunca vai ser magra como mandam os padrões da moda, D-E-S-E-N-C-A-N-E! Quem gosta de osso é cachorro ou estilista famoso.  Homem, que é homem, gosta mesmo é de mulher.