Paulo Soares Entrevista – Davi Mansour

O Qual é o link Entrevista o Comediante, ator, locutor, e fã do Jerry Seinfeld: Davi Mansour.davi

Muito atencioso, o Paranaense Davi Mansour cedeu essa entrevista via Facebook. Questionado sobre sua vida respondeu todas as perguntas com muito bom humor. Como vocês sabem eu, Paulo Soares, sou comediante há alguns anos e sempre levo comigo a curiosidade de saber onde nasce o lado cômico, perguntado sobre essa questão de onde veio o seu lado cômico Mansour respondeu: Não sei explicar, minha vida inteira eu vivi entre pessoas com senso de humor… Minha família tem um senso de humor muito específico… Não sei se isso ajuda em alguma coisa, acho que não responde nada, hahahaha… Meus amigos sempre foram caras com veia cômica, ácida, de fazer algo que deixasse desde um professor puto, com todos rindo da cara dele, até vídeos caseiros de comédia… Acho que você nasce com isso e é influenciado pelo meio, como todas as coisas da nossa sociedade.

 E como começou no Stand-up Comedy? Eu tinha uma banda cover do Rogério Skylab e como o show era muito experimental e cênico, eu escrevia uns textos pra comentar sobre as músicas antes de tocá-las… Um dia eu decidi fazer um texto de stand up pra fazer como introdução do show da banda… E foi assim.

Davi Mansour é um dos integrantes do Grupo Em Pé na Rede, junto com os Comediantes Murilo Couto, Rominho Braga, Osmar Júlio e Victor Camejo.empenarede

Como surgiu o grupo Em Pé na Rede, e como conheceu os outros meninos? Eu fazia faculdade de direito e éramos da mesma sala, eu e Osmar, o Victor era amigo de bola e condomínio do Osmar e ele nos apresentou. O Murilo eu conheci quando comecei a me apresentar com Stand Up e o Rominho viu uma apresentação minha e do Murilo e perguntou se podia fazer isso também… No dia em que nos apresentamos juntos nós montamos o grupo!

https://www.youtube.com/watch?v=eXm30Z8ZoRc

Você é ator, comediante e trabalha com Locução. Tem algumas dessas atividades que você prefira mais? Atuar é uma arte que me fascina, e isso inclui a comédia, o Stand Up Comedy que é uma forma pura de arte e criação, tudo muito visceral, porque as pessoas vão rir da tua apresentação ou não, vão te dar a resposta imediata… E é você, não é um personagem… Você é julgado pelo que você cria. Por isso acho que atuar e apresentar stand up não são coisas muito diferentes.

Mansour já trabalhou no programa A Praça é Nossa. Depois de uma apresentação dele na Praça Carlos Alberto o chamou pra fazer parte do time, junto com ele Mansour levou sua namorada e também comediante Criss Paiva. Juntos faziam um quadro de namorados ciumentos. Perguntei a ele como é namorar uma comediante. É bom, nos ajudamos com ideias e piadas, mas cada um tem seus próprios projetos e shows. Não tem competição, mas acho que sou mais bitolado em criar piada nova, testar eu não testo, mas toda hora tenho uma coisa nova escrita… Ela ao contrário, assim que pensa algo novo testa.

https://www.youtube.com/watch?v=lU-aU0BfqjU

É fato que desde que o cenário da comédia Stand Up começou a crescer, o que houve de “comediantes” que entraram no barco foi absurdo. Davi Mansour pensa essa questão assim: O Cenário do Stand Up está inchado, com muita gente achando que basta ser o engraçadão da turma que consegue fazer, mal sabem que existem técnicas e etc… Acredito que como toda área de trabalho o mercado ainda vai sofrer umas altas e baixas e depois vai se estabilizar apenas com profissionais mesmo.

Anúncios

Coluna do Paulo: Zumbis, mais zumbis, uma ruma de zumbis

Estamos na moda de zumbi, The Walking Dead, Resident Evil, Regina Casé…
Os zumbis estão dominado a TV, agora percebo que tem coisas mais estranhas do que a Mart’nália e a Maria Bethânia.

imagesHistória do The Walking Dead: um cara que acorda em um hospital que tem um bando de mortos-vivos espalhados no chão, até aé é a mesma coisa de você acordarem em qualquer Hospital Público dos país (Tum, dum Tsss).

 Mas o que é um zumbi? Nada mais nada menos do que um cara, sem cérebro que anda em bando e quebra tudo que vê pela frente. Até aí é um Membro de torcida organizada, basta saber de qual, desde que me conheço por gente ouço histórias sobre eles e me surpreendo com a evolução deles, só uma coisa que não muda, além de eles serem atrapalhados que andam esbarrando nas coisas, repararam que todos os zumbis são parecidos?! É sempre com um andado escroto, bem lento quase parando, fico pensando como eles conseguem comer alguém assim?! É todo preguiçoso, quase um zumbi baiano.

The-Walking-Dead-jessicamc26-31150016-1024-768Outra coisa: já imaginou como seriam zumbis de varias regiões do Brasil?! Lógico que não, vocês devem ter coisas a fazer! Pois bem, imagine um zumbi Cearense: é um zumbi que tem um cabeção e em vez de comer seu cérebro ele te conta uma piada. Um zumbi paulista: só mata nordestino e com muita pressa. Imagina um Zumbi gaúcho: ele não come seu cérebro, ele chupa seu pinto! Um zumbi do Acre… Acre? Acre? Não tem!

Queria ver o Big Brother Brasil de zumbi. Imagina eles conversando:

(Lê com voz de zumbi)

– Iaê cara vai votar em quem?

– No Henrique!

– Por quê?

– Porque ele comeu meu dedo na festa!

Talvez se o BBB fosse assim teria um pouco de novidade. #FicaaDica!

Renan-CalheirosDeveria é pegar um zumbi desses e mandarem lá pro senado, e mandar comer o cérebro do Renan.Pensando bem, melhor não, porque depois quem morre é o zumbi.   Envenenado!

Fui…

Coluna do Gilliard: E aí, e o carnaval?

By… tinga do @GilliardBM

Diz aí, que voltei com essa mesma rumação de coluna, e aproveitando a situação e que já estamos bem perto do carnaval, aproveito pra falar dessa maldição.

coluna-gilliard
É incrível o número de pessoas que vivem em função do carnaval, e não que eles trabalhem com carnaval, são idiotas por esporte, creio eu.
É bem fácil identificar o tipo, eles tem o que se pode chamar de pergunta chave, que é a seguinte: e aí, e o carnaval?
A pessoa querer saber onde tu vai passar o carnaval tudo bem, agora é foda perguntar isso ainda nas vésperas do dia das crianças.
E no Natal que eles se esquecem da grande comemoração, que é a ilusão consumista e chegam te perguntando e aí, e o carnaval? Chega o Réveillon que é o dia mundial da confraternização universal, e o que eles querem saber, onde tu vai passar o carnaval, e eles insistem na pergunta, e aí, e o carnaval?
Conforme vai se aproximando a maldição, as pessoas vão dando graças a Deus, pois não aguentam mais tanto o, e aí, e o carnaval? Tem deles que trocam a velha e tão batida forma de puxar assunto que é o tá calor, hein? pelo e aí, e o carnaval?
Pior mesmo é no ambiente de trabalho, pois eles trocam a saudação de Bom dia! pelo e aí, e o carnaval?
E uma semana antes de começar o carnaval é que é de lascar mesmo.

O que nos deixa feliz é saber que vai chegar realmente a maldição?

Engano!

Pois eles ressurgem literalmente das cinzas da quarta-feira, e quando ele te encontrar no teu ambiente de trabalho, a primeira coisa que vão te perguntar é, e aí, e o carnaval? Pois, Zé! Agora é porque eles querem saber onde tu passaste o carnaval.
Em função disso fiz um teste ano passado e o resultado foi positivo, vou passar aqui pra vocês, sintam-se a vontade para o uso e divulgação do mesmo, caso queiram, lógico.
Quando  um desses idiotas, chegar perguntando e aí, e o carnaval? logo depois do carnaval, responda com os índices informados pelo IML, é batata! Quer dizer é presunto.
E aí, e o carnaval?  Então rapaz, o carnaval, 14 Assassinatos, 04 Atropelamentos, 03 Afogamentos, 02 mortes por asfixia, o foda mesmo é que não morreu ninguém por overdose do “ai se eu te pego”.

P.S.1.: Bebam com camisinha.

P.S.2.: Só lembrei agora, ia pedir que vocês ao lerem isso tentassem fazer a voz do cara que narra as notas de apuração das Escolas de Samba do carnaval do Rio de Janeiro.

Afagos (Soou Viado?)

Coluna da Ludy: Fã de super heróis

Sempre fui muito fã de super-heróis. Sempre quis ser um super-herói. Não, você não está lendo errado. Eu acho o Wolverine do Hugh Jackman um arraso, gatíssimo, mas eu não queria ser a Jean Grey. Queria ser o Wolverine. Ou até mesmo o Ciclope ou o Fera, assim, como prêmio de consolação se a vaga estivesse ocupada.

powerangerEu era a menina que estava fora da disputa de quem seria a Ranger rosa (tinha muito puxão de cabelo envolvido), porque eu estava batendo boca com os meninos: eu queria ser o ranger vermelho. Sim, provavelmente eu tenho problemas. Meu amigo imaginário diz muito isso. Mas eu sou menina mesmo, por mais que você não esteja convencido. Mas pra mim nunca foi suficiente brincar de Barbie e tentar ser a Barbie na vida real. Na verdade, vida real não tem muita graça. Legal seria ter superpoderes.

Gosto de ser mulherzinha também, essas frescurinhas de maquiagem, essas torturas de depilação… super curto! Maaaaas, brincar de super-herói é muito mais divertido do que brincar de casinha.

Porque agora, eu tenho que brincar de casinha todo dia, e é um saco. Quanto a salvar todo mundo de mais um plano maligno de destruição do mundo (os vilões são sempre muito originais) e ser ovacionado, e ganhar a medalha da cidade, e ter super poderes, e poder ficar invisível para fugir das tarefas domésticas…

Resumindo, eu adorava. Aí descobri que o Stan Lee, dos seus longos e produtivos 90 anos (mãe #ficadica, para de me mandar correntes, por favor) tem um canal no YouTube, o World of Heroes, com vídeos, entrevistas, enfim, super divertido.

Aí, eu assisti esse vídeo: 

E desisti desse negócio de mutação genética e super poderes. Não tem necessidade, né?!

Coluna do BOZZO: Me encontro liberto do Big Brother Brasil

por Vinicius Augusto Bozzobig bosta

Sim, eu já assisti o Big Brother Brasil. Ao contrário da maioria dos intelectuais, eu admito. Já fui um viciado! É bom ver como o homem é, ao mesmo tempo, tão inteligente e tão estúpido. Quando digo inteligente me refiro aos homens que criaram o BBB e tão estúpido me refiro a mim mesmo quando estava assistindo. Mas tenho que admitir, me sentia bem.

É bom ver o ser humano em situações limites, confinado, brigando por alimentos. Se bem que isso já existe na Faixa de Gaza, a diferença é que lá a eliminação é de verdade.

É bom ver um monte de mulheres nuas que daqui a alguns dias estarão nas capas da Playboy e Sexy. Daqui a alguns meses estarão em debates sobre religião e pornografia no programa da Luciana Gimenez. Daqui a alguns anos ninguém mais vai saber quem é.

É bom ver movimentos em baixo do edredom. Me lembra os tempos em que eu via “Teste de Fidelidade” no João Kléber ou ficava acordado para ver CinePrivê na Band.

bialÉ bom ver um grande jornalista, com incrível competência na redação de crônicas, como Pedro Bial ficando rico fazendo discurso poético sobre “super-heróis” que não conseguem nem sair de uma casa. Que herói é esse? Para quem já foi correspondente internacional em guerras bizarras, BBB é fichinha.

Mas hoje eu me encontro liberto! Graças a um conterrâneo de vocês que fazia este mesmo trabalho que eu nos coletivos em Salvador, entregou um panfleto destes a minha tia que me indicou essa clínica de recuperação. Em 2013, não vi nenhum minuto de BBB.

Só não consigo entender um ex-BBB que, depois de anos, resolve voltar para mais uma edição do programa. Das duas, uma: ou nenhum dos “projetos” dele deu certo ou ele acha que o melhor que ele pode alcançar é o BBB. E a Fazenda de Verão? E a Casa dos Artistas? E o No limite?

Qual é o Link
Veja, PEDRO BIAL no dia da Eliminação do Brother Gorbachev

Coluna do PAULO: Rirtrospectiva 2013! É igual a uma retrospectiva só que é diferente!

por Paulo Soares

Mais um ano se vai e outro vem vindo atrás.

 gangnam style yoki

Esse ano rolou muitas coisas engraçadas. Como não se lembrar do PSY, caso Yoki, a pergunta é: o que eles têm em comum? Bem, em quanto um teve sua música espalhada pelo o mundo, o outro teve o corpo espalhado pela floresta, que por sinal foi muito inteligente de sua mulher cortar o marido colocar em sacos plásticos e depois colocar no mato. Imagino que isso deu muito trabalho faz que nem o Casal Nardone, joga o problema pela janela (Tum, dum, tsss).

 niemayer

O grande Oscar Niemeyer morreu, acho que ele não morreu apenas. Deus se lembrou dele e puxou, VEM! Depois do Oscar morreu também essa semana a Mãe de Caetano Veloso e Maria Betânia, a Dona Canô, que tinha 105 anos, vai ver ela tinha uma aposta com Oscar Niemeyer. “Vamos apostar quem morre primeiro, ah morreu agora eu vou”. O Sarcófago do Oscar é lindo, e a Dona Canô foi enterrada em uma rede. Falando ainda do Oscar Niemeyer quem lamentou muito foi às “fraldas Sapecas”, porque todo mês a empresa entregava na casa do véi um caminhão de fraldas. Agora não rola mais.

 goleiro bruno

Por falar em morte. Caso Goleiro Bruno, esse ano estava marcado o julgamento do mesmo mas não rolou. Em uma jogada de mesa, ficou marcado para março de 2013. O goleiro Bruno revelou que sonha muito em voltar a jogar, mais deixou claro o Macarrão vem junto. Faz parte do contrato. Imagina a cena um jogar vai pensar duas vezes antes de brigar com o Bruno em campo, o cara vira pra ele e fala:

-O goleiro arrombando!

– (Bruno) Oi?

– Nada, deixa pra lá.

 foguete fail

Esse ano também a NASA mandou um foguete pra marte, para o foguete robô procurar água. NASA faz melhor! Manda para o nordeste mesmo, aqui será bem melhor.

  corinthians campeão

Corinthians campeão mundial e, sim, queria muito que isso fosse uma piada, mas é verdade. A Prefeitura de São Paulo afirma que nos dias de jogos a insegurança caiu em 100% na cidade, também os vagabundos vendo o jogo como é que vão roubar alguma coisa, né?!

Essa foi uma versão bem resumida, mais bem resumida mesmo do ano, até porque eu não ganho nada pra escrever essa merda. Quer ver mais Rirtrospectiva? Comediantes se juntaram em SP e fizeram olha ai: http://www.youtube.com/watch?v=YWsIsjXs3Tc

Nesse ano morreu grandes nomes, grandes brasileiros, e um em especial deixo minha homenagem a esse cara, melhor, esse mestre! Não ouso falar nada sobre ele, apenas digo!  Esse é Chico Anysio!

chico anysio

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho

Coluna da Pri: Dicas para Amigo Secreto

por Priscille Gomes

Resolveu participar de um amigo secreto e agora está arrependido? Relaxa, você não é o único (imagina quem tirou você). É, eu sei que tudo começou com o ato pretensamente inocente de escrever os nomes dos amigos/conhecidos/colegas/familiares e afins em papeizinhos miudinhos.

Mas depois que é feito o sorteio, não dá mais para voltar atrás (independente de quem você tirou). Então, se concentre para não piorar ainda mais sua situação. Afinal de contas, parte da sua reputação para o próximo ano depende muito do seu desempenho neste rito tribal da modernidade. Então, preste atenção nestas dicas valiosas:

A escolha do presente é essencial. Pesquise discretamente os gostos e, principalmente, quais os desgostos da pessoa. Se puder, contrate o Sherlock Holmes ou a Carmen Sandiego para descobrir. Porque pior do que não comprar um item que ela vai adorar é escolher algo que a pessoa detesta com todas as forças.

Não compre um presente abaixo da cota estabelecida. NUNCA! Além de ser algo desonesto, se as pessoas perceberem que você economizou, elas NÃO vão economizar nos seus apelidos (mão-de-vaca, muquirana, sovina, miserável, avarento ou pão-duro são alguns dos mais bonitinhos).

Não faça descrições constrangedoras para a turma adivinhar quem é seu amigo. Termos como gordinha simpática, tampinha, “malacabado” e similares estão terminantemente proibidos. Também não fale sobre relações amorosas (ninguém precisa saber quem tá ficando com quem). Lembre-se que a pessoa que você tirou tem que ficar feliz por ter sido tirada por você, não envergonhada. É assim que a gente ganha pontos na gincana do networking.QUAL É O LINK - Coluna da Pri - 17 de Dezembro - IMAGEM 01

Tem que tirar foto e divulgar na internet. Instangram, Facebook, Blog, Tumblr e até no falecido Orkut tá valendo. O negócio é compartilhar. Se der para você levar a câmera, melhor ainda para sua popularidade. Fotos na piscina costumam fazer sucesso. Então, se não tiver piscina, improvisa!QUAL É O LINK - Coluna da Pri - 17 de Dezembro - IMAGEM 02

Mas tem um caso clássico de saia justa onde se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Se você tirou o seu chefe ou sua sogra, prepare-se! Se o presente for bom demais, seu amigo secreto vai te achar maravilhoso e outros vão te chamar de baba ovo. Se comprar um presente simples, vai parecer desleixado, descomprometido e uma lista pejorativamente interminável. Agora, se você descobrir o que fazer numa situação como essa, por obséquio/misericórdia/gentileza, fala comigo. To “precisada” desse conselho.

Coluna do PAULO: Luiz Gonzaga

por Paulo Soares

Leia essa coluna ouvindo uma musica de Luiz Gonzaga, e sério vai ser bem melhor. Olha o link aqui http://www.youtube.com/watch?v=qxRO-vaRvw0

Nessa Quinta (13) o grande Luiz Gonzaga completaria 100 anos de vida um dos maiores símbolos da cultura nordestina do Brasil e da Caucaia. Sou grande fã desse homem que saiu de uma cidade pequena e ganhou o mundo, diretamente da cidade de Exu (PE). Dedico essa minha coluna ao grande Luiz Gonzaga.

100-anos-de-Luiz-Gonzaga

Tiozão talentoso com sua sanfona branca apresentou o Nordeste pro resto do Brasil, na época era só Rio e SP. Ele colocou os Sulistas (citação de Gilliard Barbosa) pra dançar. Filho de Januário e pai do FDP do Gonzaguinha, é ele não era perfeito! Com esse jeitão cabra macho teve ter cheirado muitos os cangotes das “Carolinas” espalhadas pelo Brasil. O que de fato quero dizer que todo Nordestino teve se orgulhar desse macho nos ter representado tão bem. Mas, nem todo nordestino e bom, sim estou
falando do Lula igual ao Gonzaguinha ele também e um FDP. Que nessa semana o Marcos Valério andou falando algumas coisas a respeito dele, que como o Luiz Gonzaga o Lula também era cego (Tum, dum, tsss) não viram quando entraram 100 mil reais na sua conta, na boa eu sei onde foi parar esse dinheiro… Na cara da Dilma, apesar de eu acho que 100 mil contos não resolveu muito.

Mais estou aqui pra falar do Gonzagão o nosso rei do baião que andou por esse país atrás de um lugar pra descaçar os pés cansados, Asa Branca, Sala de reboco, Xote das meninas, essas musicas deixa outro cantor no chinelo, SIM, está falando do Wesley Safadão, Xandy Avião, apesar de ficar no chinelo do Rei e bom de mais, bom não, e danado de bom! Rá.

Antes que chegue o delegado e começa a dançar com a minha novinha vou saindo e cheirando na minha sala (se você não conhece as musicas do Rei Gonzagão você não entendeu nada das minhas citações)

LUIZ GONZAGA

“Nunca se esqueça do Povão”: Luiz Gonzaga.

Essa coluna e uma homenagem do Qual é o link para a obra do Rei do Baião, VIVA LUIZ GONZAGA!

Quem gostou, compartilha.

Quem não, bem… Tô cagando pra você!

Coluna da Ludy: Porque eu prefiro revista masculina

por Larissa Ludiana

Não se afobem. Não estou aqui revelando o segredo absurdo que curto ver minhas colegas de gênero como vieram ao mundo nas famigeradas páginas da Playboy. Embora as matérias sejam realmente muito interessantes, né rapazes.

Tsc tsc, homens!

Tsc tsc, homens!

Não, me refiro às outras revistas masculinas. Aquelas que falam sobre a vida, o universo, as mulheres, e tudo o mais. E em comparação com as toneladas de revistas femininas por aí. Por que não tem nada que me faça duvidar mais da minha feminilidade (ou quem sabe da minha humanidade) do que uma edição da revista NOVA, com a imagem da atriz lindérrima do momento (cheia de photoshop, óbvio). Sim, claro que eu leio. E às vezes chego a cometer o crime de ler o horóscopo, se ele estiver na data certa, claro, que não quero azar, tá meu bem.

O lance é que a leitura de revistas deve ser um entretenimento, e para nós, mulheres, com um exemplar dessas revistas na mão, somos meras vítimas, atacadas sem dó pela publicação editorial feminina da vez.revista_feminina_cor

Aqui vai um resumo do sentimento geral causado por essas revistas: são aproximadamente 80 páginas de “você não está tão magra quanto esta linda mulher”, “a dieta da edição passada não funcionou, conheça a desse mês, e não se decepcione ainda”, “aprenda a segurar o homem da vez” “saiba quais são as tendências da estação, mesmo que onde você mora não dê pra notar a diferença. O lance é gastar milhões pra tentar parecer atriz hollywoodiana” “veja o monte de cosméticos milagrosos que você não tem dinheiro pra comprar”, “você faz sexo do jeito errado, aprenda o jeito certo”, “aliás, você faz tudo errado, se liga sua lesada”.

Por isso é incrivelmente melhor folhear uma ALFA, uma Men’s Health da vida, e descobrir o que os homens já conseguiram desvendar da loucura feminina, o que eles estão pensando, quais os assuntos top 5. Embora não seja novidade. Folheando a revista: “blablabla carro esporte mais masculino”, “blablabla roupa mais estilosa”, “blablabla mulher (ou cerveja) mais gostosa”.

Ah, ser homem parece tão mais divertido!

QUAL É O LINK? http://www.youtube.com/watch?v=IGwMHxHPYDk – Eriquita dá um Blá!

Coluna do BOZZO: Procura-se Papai Noel

papai-noel-farsa31

por Vinicius Augusto Bozzo

Todo mundo está louco por um emprego. Com as novas regras gramaticais até o trema e o hífen perderam bons empregos. Nesta época do ano, o comércio oferece várias oportunidades temporárias. Se você souber empacotar e for desenrolado é capaz de ficar com a vaga.

O único emprego temporário no Natal, e que não tem a mínima possibilidade de ficar efetivo, é o de Papai Noel. Talvez por isso existam alguns que andam tão tristes, na mais pura depressão.

Antigamente, ele tinha vários anões como assistentes. Mas a redução do IPI não chegou no Pólo Norte e impediu melhorias na estrutura. Ter funcionário com carteira assinada tem saído caro. E a Fábrica de Brinquedos não conta mais com o apoio do SEBRAE.

São outros tempos. Papai Noel não tem mais duas assistentes boasudas. Depois que o Bell (do Chiclete com Banana) ganhou milhões para tirar a barba os “bons velhinhos” desanimaram. Tão usando Grecin 2000 e já não tem mais cabelos grisalhos.

LULA PAPAI NOELAchar um ator para fazer Papai Noel em Shopping está mais difícil do que oferta boa no Black Friday. Dois grandes talentos para a vaga já não querem mais trabalhar nesta área. Hermeto Pascoal prefere a música instrumental. Já o presidente Lula não tem mais a barba tão comprida e já cansou de colocar jovens talentos no colo pedindo uma vaguinha na turma do Mensalão. Aliás, de Mensalão e pentelho está todo mundo com o saco cheio. Papai Noel já está meio político. Pouca gente acredita nele, mas continua usando vermelho.

hermeto

OBS.: Para quem não lembra, NATAL não é apenas uma data para comprar presentes. Procure JESUS no Google.